domingo, 21 de maio de 2017

Mario in Neb's Land

Autor: darken
Hack Finalizada (5 saídas)
Emulador Utilizado: Snes9x 1.54

Espero que essa seja a última vez que pego uma hack curta nas pressas Olá galera, vocês curtem hacks difíceis mas que não são kaizo? Se sim, tenho uma hack curta que talvez seja de seu agrado!

"Mario in Neb's Land" é uma hack curta, que se você se considera um bom jogador de SMW, irá zerar ela em uns... 10 minutos? As fases não são longas e no fim essa hack serve mesmo para passar o tempo. Infelizmente não há muito a ser comentado sobre essa hack...

A história é incrivelmente simples, em resumo: Neb (que não fazemos ideia de quem ela realmente é) diz que o Mario quer lutar com ela, e deseja sorte a ele para sobreviver. É o quê?
Só para comentar mesmo, o Inglês na hack poderia ter sido melhorado antes dela ter sido submetida ao SMWC, ou poderia até ter sido feita com diálogos em Português...






Não tem muito diferente do SMW original nessa hack, só a adição de custom music e uns poucos custom graphics quando necessários. Apesar da hack se "limitar" aos gráficos originais, as fases tem boas paletas (cores) e boa utilização desses gráficos, apesar de eu particularmente não ter gostado muito das "formações geométricas" feitas com as ledges do SMW para decoração e tudo mais.

As fases não são extensas, mas contém muitos obstáculos. Você vai se deparar com várias situações onde suas habilidades com "spinjumping" precisam estar no ponto e de bons reflexos. Algo a notar é que todas as fases (exceto a final que é a boss battle com a Neb OMG spoilers) tem uma lua para coletar (apesar de que você provavelmente não vá precisar de tantas vidas assim).
A escolha de músicas nas fases é bem diferente do que você ouve na maioria das hacks, e isso é bom. Porém, algumas delas podem ser estranhas e não muito boas de se ouvir, como a da segunda fase.



A boss battle com a Neb pode ser bem complicada, pois ela se movimenta muito inesperadamente depois de uns hits, e a boss battle se divide em duas partes, mas com a mesma mecânica de boss. É recomendado ter itens reserva quando for enfrentá-la.

Não há muito o que comentar sobre o mapa. Ele é bem feito; as escolhas de música e de cores combinam com o estilo que a hack foi feita.

Abaixo, um vídeo do Akutarex jogando essa hack para quem estiver interessado!

Dificuldade: 4/5
Não recomendada para jogadores que ficam de "mimimi" quando veem partes de spinjump obrigatórias.
Brincadeira, a hack simplesmente vai exigir mais de você do que as hacks mais comuns. Como eu disse anteriormente, bons reflexos são necessários.

Jogabilidade: 7/10
Nada muito novo, pois a hack usa em maior parte o que já vimos no SMW original, tirando a Neb como final boss.

Gráficos: 7/10
Ótimas paletas e bons mixes de tilesets, apesar de que não gostei das formações geométricas feitas com as ledges do SMW, como mencionei antes.

Música: 7/10
 Apesar da escolha de músicas ser bem diferente do que se ouve na maioria das hacks, elas não me agradaram tanto assim.

Mapa: 8/10
 Simples, mas bem feito.

Criatividade: 8/10
 Pontos por não termos que salvar a princesa, mesmo que a história da hack seja bizarra. Gostei que o Mario vai resolver seus próprios negócios, fazendo com que as fases sejam simplesmente pequenos desafios para o Mario cumprir.

Nota Final: 7.5/10
Uma boa hack para matar o tempo, e até quem sabe para melhorar suas habilidades no SMW. Seria legal se a hack fosse um pouco mais longa e polida, com melhores escolhas de músicas e visuais mais limpos para que o jogador foque mais no que está acontecendo nas fases.

Download

domingo, 14 de maio de 2017

Tower of Keys

Autor : lolyoshi
Hack Finalizada: 1 Saída
Emulador Utilizado: Snes9x

Tower of Keys se trata de uma mini hack kaizo sem história, onde seu principal conceito é de entrar em uma torre e passar por diversos obstáculos que irão testar suas habilidades com a chave. 

A hack possui três fases, porém duas delas são informativas, então na teoria a hack só possui uma fase. Podemos descrever a fase principal como uma sequência de salas, onde cada uma possui o  mesmo conceito, pegar uma chave no início, passar pelos obstáculos, subir nesta chave e entrar em uma porta flutuante que te levará para a próxima sala, após passar por 11 portas você terá concluído a hack, liberando acesso para uma área que possui os créditos.

Quanto mais salas você passar, mais difícil a hack vai ficando. Na primeira você irá apenas precisar saber chutar a chave para cima, enquanto nas últimas você precisará realizar até alguns key jumps
A progressão da dificuldade foi bem executada (exceto nas ultimas duas salas), cada desafio acaba tendo sua particularidade, principalmente porque a hack possui alguns blocos customizados, como um bloco que faz a chave escorregar infinitamente e blocos que ativam e desativam através de um botão ON/OFF. Durante a hack você irá surfar em cima de chaves, fazer malabarismo com suas chaves, escalar com sua chave, pular em cima da sua chave e segurar ao mesmo tempo, tacar a chave para cima e destruir blocos azuis, enfim, você irá fazer muitas coisas com sua chave. 



A hack possui um sistema que ao morrer ou clicar o botão "R", a sala em que você está é reiniciada, então é como se cada sala fosse um novo checkpoint, se tornando um incentivo e facilitando a vida daqueles que não querem usar save states na hack.

De resto, o mapa é basicamente o mundo da estrela do SMW original com algumas pequenas modificações e durante a hack você praticamente só ira escutar a música "We're the Robots" do Megaman 9

A hack em geral é bastante divertida para quem gosta de fazer TAS, já que como você sempre vai possuir uma chave na mão, você terá diferentes formas de passar de um mesmo obstáculo, apenas dependendo de sua habilidade em fazer key jumps. E para aqueles que preferem jogar a 100% da velocidade, vão poder conhecer um pouco mais das mecânicas que uma chave pode proporcionar,
        
       

Dificuldade (KAIZO) Média
Praticamente 80% da hack possui um aspecto de kaizo fácil, porém as salas finais vão exigir um pouco de experiência com key jumps.

Jogabilidade 8.5/10
A dificuldade possui uma boa progressão em geral ,e os obstáculos foram criativos e bastante variados.

Gráficos: Vanilla  
O padrão do SMW original

Música: 8/10
Fica meio estranho dizer a nota desta categoria já que praticamente você só irá escutar uma música, pelo menos esta música possui um loop grande, combinando também com a dificuldade


Mapa: e-e/10
O mapa é praticamente um reaproveitamento do mundo da estrela do SMW original.

Criatividade 7/10
Basicamente essa nota vale pela a criatividade no level design em geral,

Nota Final : 8.5/10
Uma hack de chaves para chaveiros. Tower of Keys é basicamente uma hack que irá testar suas habilidades com a chave, caso esteja com medo dos "key jumps", você ainda pode ver até qual sala consegue chegar.

VÍDEO SOBRE A HACK

terça-feira, 9 de maio de 2017

Super Paper Luigi

Autor: General Ike
Hack Finalizada: 4 saídas 
Emulador: Znes 1.51

"Luigi chegou em Paper Land mas o bagulho ficou louco pois o que era um dia normal se tornou um verdadeiro inferno e acabou-se o que era doce (esse é o plot resumido, pra ter uma noção)."

A história do jogo é super original, deixando o jogador com uma grande vontade de zerar essa hack o mais rápido possível. Os gráficos são da última geração da era 16 bits. Eu praticamente fiquei em choque quando presenciei essa qualidade gráfica porque, por um momento, eu achei que a hack fosse redrawn. Pra ser sincero com vocês, cheguei a acreditar que não estava mais jogando uma hack de Super Mario World, e sim, uma continuação do jogo Demon's Crest.

"Ai, que tudo!!!"

O único mapa que o jogo apresenta é fabuloso. É muito bom ver a variedade das árvores por aqui. Adorei a cor verde, combinou com a floresta perto do castelinho. Quando você passa de fase, uma bolinha amarela surge como mágica e isso é realmente muito legal. Você começa na casa de Luigi que por sinal está trancada pelo lado de dentro(?). A trilha sonora é a mesma do SMW, logo não faz a menor diferença pois essa hack é linda até jogando com a televisão no MUDO.

"E dizem por aí que gráficos não fazem diferença... olha o naipe disso aqui! 10/10!!!"

Vamos agora falar da jogabilidade. Eu acredito que essa hack deixa Brutal Mario no chinelo, porque meu amigo... só tem ASM de qualidade! Para você ter uma idéia, aqui o Luigi possui um sistema de HP onde é recarregado com cogumelos. Além disso, você foi abençoado pelo autor da hack (Deus da programação) com o controle total da gravidade na terra. Se lembra quando jogava Counter-Strike 1.6 e usava o código do sv_gravity? Aqui ele está 200% aperfeiçoado, yeah!

.
"Mano, isso aqui é muito Black Mirror!!!!!"

O chefão dessa hack é um monstro de fogo o que é realmente super criativo porque Luigi está em um mundo de papel. Como todo mundo já sabe, fogo queima papel (tá conseguindo entender o naipe da coisa?). De pé junto, eu confesso que esse game merece um troféu kusoge de melhor hack do século. A maior alegria tristeza, pra mim, é saber que estamos falando de uma demo. Imagine só o hype em descobrir que isso iria se tornar uma hack de 120 saídas!








Dificuldade: 1/5
Essa hack é tão fácil que dá pra zerar ela sem apertar nenhum botão do joystick.

Jogabilidade: 2/10
Aqui você praticamente voa e ataca os inimigos usando um Stand chamado Capinha Invisível.

Gráficos: 3/10
Deixa Demon''s Crest no chinelo.

Músicas: --/10
Quem se importa?

Mapa: 4/10
Me diga apenas uma hack que tenha uma floresta verde. Me diga!

Criatividade: 5/10
100 % criativo mas 200 % mal executado.

Nota:5/10
Essa hack levou praticamente 10 minutos pra ser platinada e graças á ela eu consegui finalmente entender coisas difíceis sobre a vida, principalmente o final de Evangelion. Se você deseja uma super experiência basta clicar nesse link sedutor aqui embaixo.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Tales of Nean

Autor: Senjan
Hack Completa: 24 saídas ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Emulador Recomendado: ZSNES

Yay! Mais uma review! socorro Hoje vamos ver mais uma hack antiga (porque... quem não gosta de coisas antigas não é mesmo?). Essa é uma hack bem interessante, com uma história que se desenvolve ao longo da hack (que por sinal não é das mais longas). Confiram a história inicial: 


"Um dia, Mario deparou-se com um cano que ele não havia visto antes. Entrando por ele o levou a uma estranha e desconhecida ilha. Onde ele poderia estar?"

São mais ou menos 5 fases em que antes dela iniciar, a história recebe um desenvolvimento. O enredo em si não é dos mais "entusiasmantes" ou "revolucionários" mas a forma como é contado é ótima no geral. Eu diria também que é um pouquinho bizarra, mas só um pouquinho EU DISSE UM POUCO.

Isso nos remete aos gráficos. Eles são basicamente uma mistura. Você verá na hack aqueles gráficos do pack_de_gráficos_que_toda_hack_tem.zip, como Yoshi's Island. Mas também verá gráficos mas "cartunizados" com cores únicas, sem gradientes. Esses também me chamaram atenção, e deram um tom de alegria para fases... bem... alegres!

Pode não parecer, mas aquilo na imagem à cima é um cogumelo. Eu também não entendi exatamente o porquê desse gráfico para os power-ups, mas ponto pela criatividade ficou maneiro.
Moedas genéricas
Falando em coisas que toda hack tem, bora pras músicas. A trilha sonora da hack, como você deve imaginar, não é original, ainda mais pela data da hack. O pack_de_musicas_para_hacks.zip também está aqui, mais uma vez, com vários exemplos de Yoshi's Island. As de Overworld provavelmente também não são originais, mesmo que eu não tenha reconhecido todas elas. Mas a medida que você vai avançando, principalmente no último mundo, dá a impressão de que as músicas vai ficando mais épicas e as duas últimas são lindas ai meu Deus.

Mas não é só de música de que precisamos né? Jogabilidade infelizmente também está presente nos aspectos mais "neutros" dessa hack.

Indo direto ao ponto, é a mesma coisa de sempre. Não há nenhum power-up ou mecânica nova na hack. O máximo que você vai encontrar é uma fase em que você não se move. Fora isso, os bosses são os mesmos, os inimigos são os mesmos, nada é realmente "novo". Mas os goombas tem óculos escuros. Isso é legal.

Mais algumas screenshots e vamos pras notas:
Pelo visto, o autor gosta bastante de labirintos
Fedeu...

Dificuldade: 3/5
Complica em alguns momentos, mas no máximo 3 tentativas e você passa normalmente.

Jogabilidade: 7/10
Como disse, nada de novo...

Gráficos: 8/10
Muito bom, mas ainda sim não espetacular.

Música: 8.5/10
Algumas ainda sim você não vai ver em todas as hacks.

Mapa: 8.5/10
Bem construídos, mas sem gráficos custom.

Criatividade: 9/10
A história é boa e o level design com certeza não é dos piores.

Nota Final: 8,3
Uma hack muito boa que vale a pena ser jogada, mesmo que seja antiga. Bate de frente com muitas hacks recentes medianas. Segue o Download:

Download

domingo, 30 de abril de 2017

Super Mario Unimaker! Conheçam o Mario Maker de PC!


Sejam bem vindos a mais uma postada do Blog Mario Hacks. Hoje venho trazer algo diferente do costume, algo que muitos vocês devem se interessar que é a ferramenta de criação de fases inspirada na franquia Mario em geral chamada Super Mario Unimaker, uma ferramenta criada por uma equipe de brasileiros que está prometendo bastante.


  O que é o UniMaker?

Como o próprio nome da ferramente sugere, ele é um criador de fases inspirado no jogo bem famoso da Nintendo chamado Super Mario Maker, onde você pode criar fases das mais variadas e malucas possiveis nos universos clássicos em 2D dos jogos da franquia do Mario.

Quais as diferenças entre o Lunar Magic e o Super Unimaker?

Começar falando de suas qualidades amigos, primeiramente o Unimaker é mais prático do que o Lunar Magic, já que Lunar Magic pode ser uma ferramenta bem complexa para iniciantes.

No Unimaker foi inspirado o modo de testar fases do Super Mario Maker, onde você coloca o Mario aonde deseja durante a fase e em seguida já pode testar aquele trecho com de maneira prática, simples e fácil.




Vantagens da ferramenta

O ferramenta foi criada a partir do Super Mario 2D Universe. que era um Fan Game inspirado nos clássicos dos jogos do Mario e uma das principais novidades é a grande quantidade de Power Ups!

 

Temos vários tipos para todos os gostos, deste os clássica Suit do Hammer Bros até Bee Mario.
Além das clássicas roupas tem vários outros tipos plataformas ou coisas inspirado nas séries clássicas do Mario a sua escolha.


 Desvantagens.

Por ser algo criado por fãs e ser feito no Gamer Maker e ainda não estar finalizada, muitas da potencia da ferramenta ou algumas coisas do Super Mario Maker. Na versão 1.1 muita dos problemas foram corrigidos e melhorado, fora adicionam adicionadas.

Para alguém mais acostumada no Lunar Magic a ferramenta pode ser um tanto limitada, já que SMW tem muitas mais opções avançadas. Para iniciantes isso não chega a ser um incomodo.



Em geral, é uma ferramenta que promete bastante, para quem acha Lunar Magic difícil, eu recomendo. Todos podem jogar e se divertir.

Download

Leveis para testar:

Mario Silva Levels
(criador do Super Mario Unimaker)

Lester Vine Levels.

domingo, 23 de abril de 2017

Bomberman X

 Autor(a): Karen13505
Hack Finalizada: 41 Saídas
Emulador: Snes9x v1.54

Yay, mais uma rom hack, que novidade, não é mesmo?
Bomberman X é uma hack quase 100% vanilla: poucas paletas novas, inimigos originais, quase nenhum gráfico novo.

A historia do game é que o protagonista, White Bomber, vai para a dimensão do nosso herói bigodudo Luigi e seu irmão completamente inútil, que sem duvidas é pior que o cara verde amigável, Mario. Agora, ele tem que encontrar peças para consertar sua nave e ir embora...mas obviamente, ele enfrenta problemas.

A hack em si é simples. Basicamente um jogo do Mario qualquer, mas é divertido e da pra matar o tempo. Algo que dificulta muito é o fato do único power-up disponível é o cogumelo, que é representado por um coração, representando o item de hit extra no game original de Bomberman. Além do cogumelo, há o colete que seria a estrela, mas eu a encontrei em apenas uma fase, então é meio desnecessário cita-la aqui. Já estamos acostumados a passar no checkpoint e receber o power-up de Big Mario, mas aqui não temos isso, não existe midways points em nenhuma fase, e isso é um grande problema, pois no final as fases vão ficando muito complicadas e ter que jogar toda fase novamente é irritante, chega a ser enjoativo em alguns momentos.

As músicas nessa hack são ótimas, combinam com as fases e os mundos. Falando nos mundos, o mapa é muito simples, algumas coisinhas novas aqui e ali, mas é simples e um tanto quanto quadrado. Algo que o salva são alguns gráficos novos, mas tem algumas partes que chega a ser tão quadrilátero quanto uma tekpix.

Cada mundo possui um boss, sendo todos novos, exceto pelo Big Boo (Ghost House) e a Piranha Plant mecânica que aparece nas fases de fabricas. O verdadeiro vilão da hack é o Bowser, mas ele tem um objetivo novo aqui ao invés de somente sequestrar a princesa. Todos os chefes são bem simples, mas divertidos.






Dificuldade: 4/5
A hack começa fácil, mas depois vai dificultando muito, chegando a ser frustante.

Jogabilidade: 8/10
O fato de não ter checkpoint irrita muito, e o salto dificuldade do 4 mundo pra frente é ridículo. Chega a ser estranho os chefes serem fáceis e as fases difíceis.

Gráfico: 10/10
Simples e muitos são originais. Mas são atraentes e lindos.

Música: 9/10
Eu sou obrigado a dizer que eu babo muito ovo pra trilha sonora da hack, mas ela simplesmente é muito boa. As músicas foram usadas corretamente, mas poderia ter utilizado algumas menos famosas.

Mapa: 6/10
O que salvou um pouco da nota foi o ultimo mundo, que ficou muito bonito, pecando apenas nas paletas.

Criatividade: 8.5/10
A ideia do crossover foi muito boa e a historia bem desenvolvida.

Notal Final: 8.3/10
Muito bem feita e divertida. Poderia ter mais fases e até mesmo alguns power ups.
Da pra passar o tempo e rir.



quarta-feira, 19 de abril de 2017

Cheep Cheep Challenge


Autor: zacmario
Hack completa: (0 saídas lol)
Emulador Utilizado: ZSNES 1.51


Hello!! Primeiramente gostaria de desejar-lhes uma feliz Páscoa mesmo eu tendo 99% de certeza que essa review será postada depois da Páscoa :p, e de que jeito melhor passar esse dia do que jogando uma hack que não tem NADA a ver com a Páscoa, e que pra ser sincero, não se parece com nada comum, esta é Cheep Cheep Challenge, então vamos ver esta hack peculiar começando pela ''história'':

''Ajude Cheep a coletar 50 pedaços de um tesouro''
-Texto traduzido

...Bom, é basicamente isso, algo bem simples mas a história sem dúvidas não é o ponto forte da hack, então, que tal falarmos de sua jogabilidade??

A jogabilidade é MUITO diferente da do SMW original, aqui, apertando X executamos um ''Dash Attack'', e para andar usamos apenas os sistemas de jogabilidade na água. O level design também é muito diferente do normal, na maioria das hacks as fases são todas lineares, com poucas bifurcações e pouco elemento ''exploração'', em Cheep Cheep Challenge a exploração é o elemento principal, se lembra dos 50 pedaços de tesouro?? Então, aqui eles são distribuídos como moedas espalhadas por todo o mapa do jogo. Para facilitar o entendimento do level design da hack eu vou dividi-lo em ''áreas'', cada área tem dois canos, o de entrada (OBS.: Pode se entrar no cano de entrada a qualquer hora para voltar em áreas) e o de saída para ir para a próxima área, cada área tem determinado número de moedas do tesouro, onde entra o fator exploração.

Os gráficos da hack são no estilo NES, apesar de alguns sprites não se encaixarem no estilo, em geral o gráfico é bonito e fiel ao estilo proposto.

Em geral esta é a hack, ela é bem legal, e principalmente é MUITO criativa e MUITO diferente das outras hacks, então, vamos para as notas:

Dificuldade: 3/5
Meh, não é tão difícil, só é um pouco maçante as vezes mesmo a exploração sendo interessante

Jogabilidade: 7/10
A hack tem as moedas de tesouro bem distribuídas nas áreas e inimigos também muito distribuídos, porém, as exceções não são raras, e devido a isso a exporação pode ficar muito maçante

Gráficos: 8/10
O estilo NES caiu muito bem na hack, mas alguns sprites ficaram fora do proposto

Música: ÁGUA/10
Simplesmente a múscia de água de SMB

Mapa: -/-
Nulo

Criatividade: 10/10
Eu já disse como essa hack é MUITO diferente do SMW original?? Então... Ela é mesmo muito diferente e inovadora trazendo um elemento de exploração muito bom

Nota Final: 8,3/10
É uma ótima hack, e vale a pena principalmente pelo seu fator exploração.