sexta-feira, 23 de junho de 2017

Mario World Super

Autor : allowiscous
Hack Demo: 11 Saídas
Emulador Utilizado: Snes9x

Olá pessoas cheirosas do blog, hoje apresento a Mario World Super, uma hack demo que encontrei aleatoriamente em um tópico da C3. Apesar de ser uma demo, possui tanto conteúdo quanto uma mini hack.


A história pelo o que temos na demo é bastante desprezível, basicamente se trata do Bowser planejando um ataque e o Mario sendo o responsável por impedi-lo. 

As fases de forma geral são bastante completas, com blocos customizados que são muito bem explorados, como um bloco que seguramos, aumentando o tamanho do pulo e permitindo planar como uma capa, espinhos que aparecem do chão periodicamente e esteiras que adicionam movimento ao Mario  ̶(̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶u̶m̶a̶ ̶e̶s̶t̶e̶i̶r̶a̶ ̶p̶o̶d̶e̶r̶i̶a̶ ̶f̶a̶z̶e̶r̶ ̶f̶o̶r̶a̶ ̶i̶s̶s̶o̶?̶)̶

 Em relação a jogabilidade, nós temos novos power ups, como a flor de gelo que permite transformar os inimigos em blocos de gelo, o tanooki que funciona da mesma forma do Mario Bros 3 e o "Mario tartaruga", que permite jogar bumerangues. 

Além disso, também existem algumas mecânicas novas, passagens secretas que são liberadas quando encostamos em determinadas paredes, onde um caminho se forma a partir de explosões (semelhante com as bombas do Kirby de SNES), quando lançamos uma bola de fogo em um Bob-omb, ele explode instantaneamente (o que faz sentido), os Mechakoopas explodem quando encostam em espinhos, esses detalhes acrescentam um toque extra muito bom para a hack. Outra mudança que existe, a mais perceptível, é que não podemos rodopiar, o motivo disso? Evitar bugs? Opção do autor? Independentemente do motivo, para alguns isso pode fazer uma falta.

As músicas da hack também são customizadas, combinando muito bem com o ambiente. Em relação a parte gráfica, encontramos em sua maioria gráficos vanilla com paletas diferentes, porém também existe alguns gráficos customizados.

Olhando pelo o outro lado da moeda, durante o gameplay também consegui observar alguns cutoffs, um problema com os canos, onde eu acabei sendo levado para uma fase que já tinha passado, se tentarmos pausar o jogo, a música da fase vai sumir, a música não acelera quando o tempo está acabando e existe uma saída de um cano que te leva para a morte. Boa parte desses problemas já foram avisados no tópico em que a hack se encontra, então muito provavelmente serão corrigidos em sua versão final caso possível.











Dificuldade 4/5
O inicio começa bem tranquilo porém vai se complicando com o passar das fases, não chega a ser uma curva muito brusca.

Jogabilidade 8.5/10
O level design da hack é muito bom, as mecânicas e power ups novos foram muito bem executados, só não recebeu um 10 por alguns pequenos problemas mencionados anteriormente, como o que existe ao pausar o jogo, o problema do tempo e o dos canos, sem contar que é possível "skipar" duas fases de forma indevida (a parte da água e a parte que temos o "bloco hélice")

Gráficos: 9/10
O gráfico mesmo sendo boa parte Vanilla, fez o uso muito bom das paletas e de HDMA. Entretanto, podemos encontrar alguns cutoffs bem evidentes

Música: 9/10
As músicas foram muito boas, mesmo morrendo bastante vezes em algumas fases, não chegaram a incomodar, sem contar que elas combinam muito bem com o clima da fase

Mapa: 9/10
Mesmo com poucas fases disponíveis, podemos ver o mapa bastante desenvolvido, ele de forma geral é bem bonito

Criatividade 8/10
A história é genérica, assim como a descrição que vou dar para essa nota. "Os pontos de criatividade são basicamente voltados para o quesito level design".

Nota Final: 9/10
Uma hack onde cada fase foi bem elaborada, encontramos mecânicas novas, as fases são bem bonitas e as músicas são agradáveis. Apesar dela possuir seus problemas já mencionados, acredito que possui bastante potencial em suas futuras versões.

VÍDEO SOBRE A HACK
Eu já gravei o gameplay completo da hack, essa é a primeira parte das três, para acessar a playlist completa, só clicar aqui
OBS: Esse foi meu primeiro vídeo de gameplay, por isso que eu estou falando meio travado e sem jeito, isso melhora um pouco com o passar do tempo.


domingo, 18 de junho de 2017

Awesome Mario World

Autor: NGB
Hack Finalizada: 11 saídas 
Emulador: Znes 1.51

"Mario e Luigi estavam tranquilos em sua casa quando Toad surgiu pedindo socorro. Era mais uma vez o Reino do Cogumelo emitindo um pedido de socorro!!!"

Depois da análise anterior que superou todas minhas expectativas de um bom kusoge , hoje vamos falar de uma pequena hack vanilla com alguns gráficos custom chamada Awesome Mario World, que assim como o título diz, parece que existe muita coisa irada nessa hack.

"Você não consegue entender a arte, apenas sentir-la."

O level design aqui é fabuloso e bastante criativo. O autor conseguiu criar fases super longas sem tornar a jogatina maçante. Algumas vezes o jogador pode escolher vários caminhos para poder chegar no seu destino em um level. Por exemplo: na segunda fase, você pode pegar uma espécie de atalho ao invés de subir uma montanha super longa e divertida. A dificuldade é mediana e varia conforme o local: algumas fases usam mecânicas complicadas enquanto outras não as possuem. Isso não irá atrapalhar a jogatina, pelo contrário: esse é o desafio que a hack te proporciona!

"Pensa que o level acabou? Sabe de nada, inocente!"

A história não é lá muito interessante. Peach precisa de sua ajuda no castelo pra consertar alguns canos e você deve iniciar uma jornada super irada porque... bem, é isso o que nossos heróis fazem em todos os jogos, não é?. A trilha sonora é outro charme, devido a sensação de entusiasmo que traz ao jogador. Em outras palavras, você vai enfrentar piratas ao som disso e atravessar uma fortaleza misteriosa ao som... disso. O mapa do jogo é gigante e com ótimos gráficos customizados porém nada de incrível por aqui, yeah.

.
"Deuses são reais, cê acredita neles?"

Mas vocês já estão ligados que nada são flores, não é? Por mais que essa hack seja divertida, ela possui pequenos detalhes que muitas vezes deixam passar despercebido porém nada que atrapalhe a sua jogatina. Quero dizer... se você for um daqueles jogadores que jogam hacks na velocidade da luz por motivos sobrenaturais ou desconhecidos (o famoso rushar) vai acabar ficando um pouco irritado ou desanimado. Tá, o risco de quebrar o teclado pode ser alto, também.




"Espera, eu conheço essa música... HORY SHIIIITO!!!"


Dificuldade: 3/5
A hack é amigável, os inimigos parecem não querer te matar. Só parecem.

Jogabilidade: 7/10
Alguns caminhos alternativos e um ótimo level design colaboram para uma experiência agradável.

Gráficos: 7/10
As duas primeiras fases são lindas, pra falar a verdade.

Músicas: 8/10
Não possui muitas músicas, mas poxa... tem música de Touhou! Nota 6!

Mapa: 7/10
Ele é bem grande e o caminho por onde o jogador passa também. Isso explica o porque dos levels serem tão extensos assim!

Criatividade: 8/10
O final é tão incrível que ainda não acredito que acabou daquela maneira.

Nota:8/10
Uma hack dinâmica com um desfecho incrível e até interessante, pra ser sincero.
Eu joguei por causa das duas primeiras fases e acabei zerando pra ver no que ia dar.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Conheça Mario na Diagonal

Hoje vai ter postagem memes, já que review hoje de hack não tem e-e

Vamos falar sobre MEMES! Para você entenderem bem, vocês conhecem o Furious? aquele BR que fez o que todo brasileiro nasce com habilidade de fazer que é roubar coisas, conseguiu roubar o melhor tempo no SMW! WOW

Caso não tenha visto a super habilidade do rapaz de fazer um bug insanamente impossivel e tento ainda mais a sorte de fazer tudo isso super rápido, você consegue ver bem "Aqui"

Agora, vamos parar de falar sobre essas coisas chatas e vamos ao que importa, MEMES!

No server do Discord do Furious (que o Mario também tem um grupo super sexy no Discord) rola um meme sobre Mario na Diagonal, um Mario super mal desenhado.


Nisso, eu, Lester que manja dos memes, decidiu fazer uma hack sobre essa coisa linda:



Caso queiram jogar essa DELICIA, clique no meme abaixo:

https://www.mediafire.com/?r42fhyr1hvs8fb9

domingo, 11 de junho de 2017

Unknown Islandz

Autor: xIque
Hack Finalizada, 31 saídas
Emulador Utilizado: ZSNES 1.51

JooJ
Apresentando... HACK! MAIS UMA! E É ANTIGA, COMO SEMPRE! A hack de hoje é sobre "ilhas desconhecidas". Cada mundo vai representar uma dessas ilhas e nós iremos explorá-las por 20 minutos tentando achar o diabo da saída secreta porque o Bowser roubou a princesa de novo. Confira a entrevista em primeira mão história:


"Bowser pegou Peach novamente! Dessa vez ele a levou ao seu castelo nessas ilhas desconhecidas. Será que Mario salvará Peach novamente...?"

Simples, e o mesmo de sempre. Como deve ter percebido, é uma caraterística comum de hacks antigas terem sua história quase que inalterada. Falando em inalterado, o autor deixou uns belos rastros de inalterações em textos pós-castelo e outros. Como por exemplo, a menção de um switch vermelho no terceiro mundo que me deixou paranoico até os dentes.
O level design é um dos pontos fortes da hack. As fases são bem construídas no geral, mas ao longo da hack você verá que há uma distorção na dificuldade que pode fazer do save state a melhor opção. Os gráficos são basicamente dois: Yoshi's Island e SMB 3. Algo que me deixou bastante confuso foi a questão dos cactos, na imagem acima. O Mario desenvolveu o Sapato Anti-Espinho e agora não toma dano de cactos colados no chão. Os cactos redondos são parte do background, aliás.





Estranho, de fato, mas agora falemos de jogabilidade. O sistema de vida é em coraçõezinhos, começando com três, e aumentando a medida que você acha eles por fases onde há um "?" no nome. Esse sistema certamente deixou a hack mais difícil, pois apenas cogumelos recuperam seu HP, enquanto que os powerups são só powerups mesmo. Ah, e o cogumelo DU MAU venenoso não poderia faltar, é claro. Você se confundirá muito com esses camaradas saindo de blocos inocentes por aí.

Falando de confusão, vamos ver o que tem no cardápio de músicas para nós:
Interessante.
Voltando à review, as músicas são até que bem utilizadas, mas poderia haver um pouquinho mais de variação. Você escuta uma música, avança duas fases e olha ela ali de novo! Se torna um pouco repetitivo, mas as músicas sempre combinaram com o tema ao longo da hack. Incluo nesse bom quesito as músicas do Overworld, que encaixaram perfeitamente com cada mundo. 
Por falar nisso, o mapa também é um ponto forte. Os gráficos são quase que totalmente alterados, com um estilo mais "robusto" e detalhado. As fases combinaram com os temas dos mundos, e os enfeites são colocados bem estrategicamente. Sem mais delongas, vamos para as notas:

Dificuldade: 4/5
Cê vai morrê. 2 vezes por fase.

Jogabilidade: 9/10
Mecânicas foram muito bem utilizadas e há muitas delas espalhadas pela hack. A construção dos níveis não é nem muito longa e nem muito curta.

Gráfico: 8,5/10
O overworld ficou muito bom, os gráficos combinam, mas você pode se confundir com algumas coisas e se prestar atenção, descobri cutoffs bem vagarosos...

Música: 8/10
Bem utilizadas, mas a leve repetição e o uso de um certo "padrão" puxa pra baixo a nota do quesito.

Mapa: 8/10
Gráficos bonitos e que se juntam a temática tanto musical como das fases, e vice-versa.

Criatividade: 8,5/10
O autor teve suas ideias e conseguiu executá-las com uma ligação entre si muito boa.

Nota Final: 8,5/10
Se você tiver umas 2 ou 3 horas livres, vale a pena jogar essa hack e ver quantas mortes você terá até o último castelo. Boa sorte!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

SMW 2+3 The Essence Star

Autor: Golden Yoshi
Jogo Finalizado (45 Saídas)

Hoje não vamos trazer fazer review de uma hack comum, e sim uma review de uma das hacks mais conhecida nos tempos clássicos do blog, onde essa mesma hack tinha a maior nota do Índice geral. Faz atualmente 8 anos que essa hack foi feita, e foi no mesmo ano que conheci o SMW Hacking, sendo essa hack um dos meus maiores motivos de criar uma hack. Depois de tantos anos se passaram, agora é hora de avaliar essa hack em todos seus elementos que ela apresenta e ver se realmente é uma das melhores hacks já feitas!

Posso começar a review falando da maior caracteristica da hack, ela é praticamente uma versão do Paper Mario para o SMW, tendo várias referencias como personagens da série como Goobário e Lady Boo, uma longa e bem escrita história e vários easter eggs espalhados pela hack, por causa disso, essa hack é considerada uma aventura RPG do Mario.

A história tem inicio quando Mario e seus amigos foram convidados para uma festa em um reino distante, e como já é de costumes, vai dar muita merda. O Navio que os nossos amigos estavam viajando é atacado e eles são obrigados a escapar por um submarino de emergência (por sinal todos os Toads morreram no processo). Quando chegam no castelo, o autor da carta, Golden Yoshi que é lider do reino, conta a história do reino e da estrela e blá blá blá, Mario agora precisa salvar OUTRO reino porque... Ah... É isso que a profissão de encanadores precisam fazer naquele universo(?). Mario então parte em uma aventura para vários lugares diferentes para recuperar todos os pedaços de estrelas antes que o Kamek peguem elas primeiro.



Obviamente dei uma resumida na história que a hack tem bastante texto e recomendo dar uma olhada, caso não entenda inglês, ainda vai conseguir jogar a hack tranquilamente, já que maioria das vezes a tentativa e erro dá para resolver os problemas do Mario.

Agora vamos para a jogabilidade e wow, como tem coisa nova nessa hack. Para começar as moedas do jogo não servem para ganhar vidas, e sim para comprar itens no Shop do jogo, na hack, o item box não é preenchido quando se pega um power up extra, apenas comprando os itens do shop, só vá economizando bastante dinheiro que os itens são caros. Para farmar MONEY basta ir em algumas fases especificas ou ir nos desafios da feira para ganhar mais MONEY. E procure explorar bastante, a shops secretos para gastar seu MONEY com itens secretos!

HAMMER TIME!!!

Falando sobre itens secretos, a hack tem um sistema de coletáveis bem interessantes, é possivel coletar cartas dos personagens para duelar contra duelistas na ilha dos duelistas!!! Na verdade é só para completar 100% do jogo e você se sentir poderoso, elas não fazem nada de interessante..

O jogo ainda trás um sistema de quests com NPCs onde eles lhe dão recopensas, geralmente sempre pedem coisas que NPCs fazem,  eles escravizam você lhe dão passagens para outras fases novas, que é algo bem legal de se fazer.


Dificuldade: 3/5
 Normal, pode ser complicado por não tem item box e a falta de vidas, a quantidade de power ups é alta.

Jogabilidade: 10/10
Todas as ideias novas foram bem executadas, a hack possui alguns problemas simples, mas em geral é uma hack única por suas ideias. Ela lembra bastante o gameplay de jogos do encanador, então muitos vão gostar de jogar.

Gráficos: 9/10
Os mundos são bem caracteristicos, porém alguns deles até são bem simplês, mas tem seu charme.

Músicas: 10/10
Músicas combinaram muito com cada lugar, todos os mundos tiveram suas músicas temáticas que ficaram ótimas.

Mapa: 8/10
 Os mundos são até bem simplês, alguns deles não tem muito infeites e seus caminhos são bem simples.

Criatividade: 10/10
 Todos os elementos usados na hack são tão únicos que até atualmente você não encontra coisas que foram feitas nessa hack. O sistema de RPG, a história unica, sistema de itens, tudo que está na hack surpreende até hoje.

Nota Final: 9,8
Uma das melhores hacks e com toda certeza uma hack que todos precisam conhecer. Ela entra facilmente em TOP 10, uma hack única.

DOWNLOAD

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Super Mario Hack


Autor: Omega Yoshi
Saídas: 8 saídas
Emulador Usado: ZSNES 1.51

''WOW HACK NAME OF THE YEAR''

Olá!! Sejam bem-vindos a mais uma review, e hoje temos uma hack curta, com nome simpels até demais, mas bem interessante, sem mais enrolações vamos para a hack!

A história é praticamente igual a original, a única pecualaridade é que quem capturou a princesa foi o Bowser Jr. . Já no início após a introdução para a história, vemos o mapa, que tem pequenas alterações nas paletas originai, porém bem perceptíveis, sendo simples mas bem bonito, mas no segundo mapa do jogo é exatamente o contrário, com cores fortes e bem estranhas.

Indo para a jogabilidade, cada fase tem uma peculiaridade, por exemplo, uma fase onde todos os elementos (exceto background) são representados por silhuetas (imagem da fase ao lado), e em geral as fases são bem montadas e tem uma dificuldade bem equilibrada, com exceção de momentos com pulos longos ou cegos.

Gráficos tem o mesmo princípio do mapa, pequenas alterações nas paletas, com certas alterações específicas em algumas fases (como na fase das silhuetas). As músicas são ótimas, até que combinam com as fases, porém, são muito recorrentes em outras hacks então ao ouvi-las você sempre pensa eu outro jogo, mas em geral elas são boas. 

Enfim, é isso que tenho a dizer sobre a hack, ela é muito boa e bem rápida, então é ótima para passar o tempo, e como de costume, antes das notas algumas screenshots:

o-O

Dificuldade: 3/5
Meh, não é fácil, mas não é difícil

Jogabilidade: 9/10
As peculiaridades e gimmicks da hack complementam o level design da hack, fazendo-a  ter uma jogabilidade ótima.

Gráficos: 7/10
Pequenas alterações nas paletas originais do jogo, simples, mas bem bonito.

Músicas: 8/10
Não combinam muito, mas quando combinam, é algo ótimo de se ver e ouvir.

Mapa: 7/10
Bonito de se ver, pelo menos na primeira parte, na segunda parte é algo muito estranho.

Criatividade: 6/10
Não tem muito de realmente criativo, mas os gimmicks das fases foram bem colocados.

Nota Final: 7,4/10
É bem simples e divertida, vale a pena gastar uns 30 minutos para jogar essa hack!

domingo, 28 de maio de 2017

A Pure Vanilla Hack

Autor: WhiteYoshiEgg
Hack Finalizada: 6 saídas
Emulador usado: Snes9x v1.54


Ei! Você! Ficou esperando por mais uma review? E bom, aqui estou eu, escrevendo ela socorro.
A Pure Vanilla Hack é...uma rom hack 100% vanilla, como o nome diz.
Então a review vai ficando por aqui, obrigado por terem lido, é isso, falou galera.


O game a pesar de não ter nada de novo (é sério, nem uma title screen e nem mesmo um overworld) é divertidinha de jogar.
O level design fez algumas junções que poderiam ter sido feitas no próprio SMW, os gráficos foram usados muito bem, assim, criando fases interessantes de se jogar.


Um dos pontos negativos na hack é a câmera. O autor permitiu que a visão do jogador se movesse até não querer mais, assim, criando alguns pulos cegos que as vezes podem resultar em sua morte, com espinhos ou munchers, que é outra coisa ruim na hack, muitos espinhos ou plantas piranhas.








Existe também uma fase, em especifico a Yoshi's Island 3, que, caso você não deixe um swtich no OFF, você precisa pegar o checkpoint e se matar.
Agora, algo que me surpreendeu muito: A hack possui uma versão para GBA.
Sim! Você pode patchear a rom em Super Mario Advance 2 e jogar pelo emulador Visual Boy Advanced (apesar de eu não ter conseguido e.e').
Bom, apesar de ser uma hack simples, o level design é interessante, algumas falhas, mas é aceitável. O autor utilizou recursos do próprio SMW sem mexer no Map16, isso foi incrível, por isso acho essa hack muito divertida.
Agora,  hora das notas o/

Dificuldade: 2.4/5
A hack em si é bem fácil, você pode morrer um pouquinho se bobear.

Jogabilidade: 8/10
Seria perfeita se não fosse pela câmera e o erro na Yoshi's Island 3.

Gráfico: ---/---
Vanilla

Música: ---/---
Vanilla

Mapa: ---/---
Tão vanilla que nem foi editado

Criatividade: 10/10
A hack ficou extremamente divertida e a ideia de portar para o SMA2 foi incrivel. O autor fez algo incrível sem utilizar coisas novas.

Nota Final: 9/10
É uma hack extremamente divertida, com alguns erros, mas que não chega a frustar tanto.
Pode matar o tempo mesmo que seja algo fácil, é divertido, isso que importa.