domingo, 14 de agosto de 2016

Cool or Cruel - Stage 12 Tubular

Autor: (Worldpeace) 
Mini Hack (1 Saída)
Emulador Utilizado (snes9x)


Todos nos lembramos da traumática fase especial do Super Mario World, a Tubular, que com certeza já marcou muitas pessoas por aí, principalmente pelo o fato de não possuir chão e nem espaço para correr para voar com a capa. A fase 12 da hack Cool or Cruel se trata de uma hack kaizo hard, que explora bastante as mecânicas do P-Balloon.


Imaginando o prejuízo pelas maçãs usadas
Vamos começar do recurso que mais foi utilizado nessa hack, o ASM, com partes que tornam a hack um verdadeiro bullet hell, com milhares de tiros voando na sua direção com diversos padrões diferentes, o que deixa a hack bastante única e com uma TAS interessante de assistir, Podemos claramente perceber isso em uma batalha de Boss, onde escapar dos seus ataques é uma tarefa bastante complicada mesmo para quem está jogando em uma velocidade reduzida.








Quem foi que colocou aquela pedra para bloquear
o caminho
A hack possui uma dificuldade absurda, joguei na velocidade 50% para partes mais simples e 25% para partes mais complicadas, e mesmo assim, foi o maior desafio que tive em concluir uma hack, os obstáculos são muito bem planejados e únicos, com uma diversidade muito grande, você praticamente sempre vai permanecer fazendo algo diferente.

Mesmo com somente uma fase, você irá passar por partes terrestre, aquáticas, auto-scroll, e um cenário onde você ganhará a habilidade de morfar para a forma de balão, quantas vezes for necessário.





Sim, essas flores amarelas não matam.
Algo que está relacionado com o P-Balloon que também foi explorado foi a lei da Inércia, onde a velocidade vertical que o Mario vai possuir após se transformar depende da velocidade vertical que o Mario estava antes da transformação, por exemplo, se o Mario estiver caindo e se transformar em balão, ele vai continuar caindo um pouco até ele conseguir se estabilizar. Se o Mario estiver pulando e se transformar em balão, ele vai subir mais rapidamente, é algo difícil de se explicar em palavras, porém é simples de ver na prática.







A movimentação em forma de balão não é uma das melhores
Parece que essa imagem está sincronizada com a de baixo
Parece que essa imagem está sincronizada com a de cima


 Dificuldade (KAIZO): Difícil
 A primeira hack do blog que inaugurou esta dificuldade. Como eu disse anteriormente, joguei essa hack com a velocidade entre 25% e 50%, teve diversos momentos que acabei fazendo uma besteira e tendo que voltar em algum save state antigo (mesmo utilizando 5 slots de save), a parte mais difícil durante meu gameplay foi "daqui" até 7:35, quando eu passei disto, já considerei como se já tivesse zerado a hack.

Jogabilidade: 10/10
A diversidade dos obstáculos foi algo incrível, foi utilizado muito bem das suas próprias mecânicas, explorou diversas áreas e conseguiu colocar 300 tiros na tela sem ocorrer queda de FPS.

Gráfico: 8/10
A hack é praticamente Vanilla, só temos algumas poucas inserções de gráficos, como o background do início e as sprites de tiros, porém, isto não faz falta nesta hack.

Música: 10/10 
As músicas combinaram muito bem, possuem um loop bem longo, se encaixando com o tamanho das fases

Mapa: 8/10
Como só possuímos duas fases, a fase principal e uma de teste, um mapa simples já resolve as coisas.


Criatividade: 9/10
Da parte criativa podemos citar o Level Design é principalmente as batalhas com chefes, a forma progressiva dos ataques foi algo muito bem trabalhado.



Nota Final: 10/10
Uma hack muito trabalhosa de ser concluída, me surpreendeu em diversos aspectos, que explorou muito bem seus recursos. Caso você quiser conhecer a hack sem ter que jogar, você pode conferir um pouco do meu gameplay abaixo para ter um pouco da noção da dificuldade.


(Quem quiser ver o gameplay completo da hack, clique aqui )

VÍDEO SOBRE A HACK

Um comentário:

  1. Parece o Kaizo Super Mario World , muito da hora gostei da parte dos Fantasmas...

    ResponderExcluir